Você perdoaria uma traição?

seg, 30/11/2009 - 14h09

Você perdoaria uma traição? Bom, essa é uma pergunta muito freqüente, de fato as pessoas erram, muitas vezes nem pensam naquilo que fazem, mas por que será que uma pessoa chega á um ponto de traição.

Trair é uma palavra forte, lembra atraiçoar, apunhalar pelas costas, ser desleal, e nem sempre ser infiel tem este significado. Não podemos colocar toda a culpa no outro, pois uma relação para ser perfeita depende dos dois. O desgaste, a falta de paixão, a incompatibilidade sexual e a rotina são algumas das causas para que se pule a cerca, sinal de que alguma coisa não vai bem no casamento ou namoro. Até que ponto cada parte é culpada não podemos dizer com certeza, mas o perdão depende principalmente da maneira como se encara a infidelidade.

O homem e a mulher têm uma visão diferente do sexo, assim como da traição. Para a mulher, é mais fácil perdoar uma pulada de cerca se o homem não está envolvido emocionalmente. O importante é ela se sentir especial, de modo que nenhuma outra mulher abale a relação. Para o homem, uma mulher fazer sexo casual com outro é bem mais difícil de perdoar, pois mexe com o ego masculino e a virilidade. O homem quer ser o que proporciona maior prazer, o mais atraente, o bam bam bam. Saber que a própria mulher está transando com outro só o fará pensar que ele não é tão bom quanto pensava, então, ele se sente reprovado na matéria de satisfazê-la, sem perceber que a causa pode nem ser sexual, mas alguma atitude ou indiferença dele.

A traição pode vir de vários fatores, como por exemplo: rotina, quando a pessoa não gosta mais da outra, por aventura, entre muitos outros motivos? Mas será que só os homens é que cometem esse erro?

Não, pois as mulheres também cometem esse erro, mas os homens assumem mais do que as mulheres e as mulheres que traem são mais cuidadosas e isso faz com que seu parceiro muitas vezes não fica sabendo.

É difícil perdoar, porque se perde a confiança. Se a traição for com alguém conhecido, como uma amiga ou parenta - por exemplo, é bem pior. Danuza Leão, em seu livro Na Sala com Danuza, em relação à traição de marido com amiga, aconselha: “Se você descobriu – sem sombra de dúvida – que sua amiga e confidente se fez de mais do que engraçadinha para o seu marido – em alguns casos vale também para o ex-marido -, corte direto, sem perdão. Já que você não pode matá-la, o que seria o ideal, rompa, ignore-a, nunca mais cumprimente. Há certos crimes que não prescrevem – e traição de amiga é uma delas. De marido é menos grave, acredite. Até porque eles acabam contando.” Algumas mulheres interpretam o fato do marido contar sobre uma traição como tentativa dele de manter o laço de confiança, mostrando-se arrependido. Mas em alguns casos, o marido quer mesmo que a mulher o mande embora, pois assim se sentem menos culpados por saírem de casa por conta própria.

Quando alguém descobre que foi traído, a frase que mais lhe passa pela mente é Onde foi que eu errei?. Tentar entender as causas da traição, o que fez o parceiro se interessar por outra pessoa, qual a parcela de culpa que lhe cabe, se perdoa ou não, são dúvidas que tomam conta da pessoa. Mas as respostas a estes questionamentos nem sempre são iguais a todos, não existe causa certa para suprir tais dúvidas.

As mulheres em sua maioria preferem perdoar a perder o marido ou namorado para a outra, já os homens se perdoam não esquecem e o relacionamento nunca mais é o mesmo. Isso se perdoarem porque a maioria até mata a mulher se for traído.

Eu não sei se teria estrutura para perdoar uma traição.

Mas nem todas ‘amam’ o marido e podem achar mais cômodo fazer vista grossa ou perdoar para não perderem as ‘benesses’ que o casamento lhes proporciona. Não que todas as que perdoem o façam por interesse, mas na maioria das vezes a mulher que opta por continuar um casamento assim é porque tem medo de ficar só.

Outra pergunta muito freqüente é a seguinte: Os homens ou as mulheres têm mais facilidade para perdoar uma traição? Na verdade as mulheres perdoam mais, pois os homens ainda continuam muito machistas e para não ficar feio para eles, então os homens não perdoam muito em relação às mulheres.

E você teria a coragem de trair uma pessoa? E se fosse traído o que faria? Você perdoaria? Deixe seu comentário, pois ele será muito bem vindo.

11 comentários no Vilaclub

Comente!
NOME Jorge Oliveira
qua, 09/12/2009 - 15h55 - reportar abuso

Parabéns!, Li na diagonal, mas ainda voltarei a ler você e comentar no todo. Além de corajosa em desabafar, é assumida no seu desejo e atitude, e determinada no que quer. Que você seja feliz e alcance sua meta. Feliz Natal e um Ano Novo de serenidade, se de todo não puder ser em paz, masque 2010 te traga as realizações que você pretende. Abraço,

responder ao comentário
NOME Jorge Oliveira
qua, 09/12/2009 - 15h01 - reportar abuso

Comento suas palavras com a mesma que comentei pra Kiki... A confiança é como uma taça de cristal. Uma vez trincada, ela não serve nem para beber água, quanto mais champagne ou vinho. Confiança uma vez perdida, não há como recuperar. A traição pode acontecer nos mínimos detalhes, nas mínimas coisas, na amizade, nos sentimentos, no amor, etc. Mas uma imensa maioria só se apega à traição sexual. O prazer e sexo ainda que as vezes nem sempre andem juntos, seria bom se sempre andassem. Já prazer e sexo versus amor, nem sempre precisam estar juntos. Já a verdade, a lealdade, a cuplicidade, o companheirismo, a amizade, e o respeito pelos sentimentos do outro, a lealdade, devem estar sempre em primeiro lugar, antes do prazer e sexo pelo prazer apenas. Se há tudo isso e há mente aberta com respeito do outro pelo outro, usufruir o prazer é apenas um detalhe.

responder ao comentário
NOME Jorge Oliveira
qua, 09/12/2009 - 14h56 - reportar abuso

Kiki, falou bem. A confiança é como uma taça de cristal. Uma vez trincada, ela não serve nem para beber água, quanto mais champagne ou vinho.

responder ao comentário
NOME CRISTINA SOARES MITTERMAIER
qua, 09/12/2009 - 13h50 - reportar abuso

Qualquer tipo de traição me deixaria acabada, destruiria qualquer tipo de viabilidade de manter uma relação. Não somente amorosa, mas, de amizade também. Creio que, para existir traição, a parte traidora tem de ter algum desvio de caráter, o que compromete a confiança. Não podemos viver pensando nisso, no \"e se\" mas, se ocorresse, com certeza não manteria o relacionamento, pura e simplesmente pelo fato de que a pessoa em quem vc confiou te magoou de maneira suja. Seria impossível recuperar a confiança. Talvez, se eu mantivesse uma relação nessas situações, com absoluta certeza, não teria mais respeito nem admiração por tal pessoa, e, sem isso, não existe amor ou amizade que dure.

responder ao comentário
NOME Mabel Regina Rosa
ter, 08/12/2009 - 13h45 - reportar abuso

Tenho 21 anos de casamento e até agora não tive motivos para pensar que fui, sou ou serei um dia traída, mas acredito que se acontecer, não perdoaria. A confiança uma vez perdida jamais será recuperada. É o que penso. Parabéns pelo texto.

responder ao comentário
Veja mais comentários

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas