Me sinto completamente perdida...

seg, 21/09/2009 - 13h27
  • Imprimir

Eu preciso me encontrar porque estou perdida dentro de mim mesma. A minha cabeça hoje está sendo minha inimiga constante. Tento ser racional, mas já nem sei mais o que é razão. Começo a achar que estou enlouquecendo, sinto meu corpo como uma panela de pressão e que a qualquer momento vou explodir com tantos sentimentos que não sei e não consigo explicar. Cada dia que passa, se torna mais difícil estar na minha mente, que agora me perturba com fantasias que ainda sei ser impossíveis de se realizarem um dia. Sei que acabei criando um mundo dentro da minha cabeça, um mundo paralelo, mas que já não estou conseguindo separar mais. Eu não sei quando isso começou e quando realmente percebi que isso estava acontecendo, mas agora tenho certeza do quanto é difícil viver assim. Não sei como cheguei nesse ponto, mas cheguei e nesse momento em que estou percebo e tenho certeza de que é mais fácil desistir do que lutar. Tem dias que até sinto força para levantar e lutar pra valer, mas logo acaba, é como se eu soubesse que lutar é em vão. O que mais tive até hoje foi esperança, mas sinto que ela já está por um fio, estou perdendo a única coisa que me resta, a esperança.

Sinto como se eu gritasse por socorro e ninguém pudesse me escutar, eu já não sei o que fazer. Sei que muitos iriam falar que não tenho motivos para estar assim, mas eu não consigo evitar. Eu perdi a única coisa que me importava nesse mundo e agora não sinto mais que é possível. Não agüento mais esse mundinho na minha cabeça, só fantasias, sonhos e ilusão. Virei uma ilusão ambulante. Tenho a consciência de que nada que crio na minha cabeça irá se tornar real, mas até quando vou conseguir distinguir? Eu não sei o que fazer...não sei quem pode me ajudar e se alguém pode me ajudar. Eu não to agüentando mais e tenho muito medo do que esse desespero que sinto dentro de mim pode resultar.

Cada dia tento encontrar um novo motivo, uma nova força, mas não acontece. Por enquanto estou conseguindo levar um dia após o outro, mas até quando isso vai durar? E quando eu não conseguir mais? Tenho medo, muito medo.

  • Imprimir

Comentários