A Dor de perder a Mãe

Sex, 22/07/2011 - 22h02    |   Reportar abuso
Por Ita

A Dor de perder a Mãe

Nossas mães deveriam vir com um dispositivo para quando a idade fosse enfraquecendo seus ossos e tirando sua força de lutar, nós apertariamos o botão e pronto, rejuvenescimento de pelo menos 10 anos imediato.
Por que elas partem justamente quando a gente está mais preparada e pronta para ouvir e praticar o que elas tem pra dizer e elas tem mais experiências para nos ensinar ?
Aconteceu comigo o que eu mais temia na minha vida, o que sempre foi um pesadelo para mim. Passei o dia 1° de julho uma sexta feira super atarefada e justo neste dia não liguei para checar nada com ela, quando cheguei em casa a tardezinha liguei e ela não atendeu, pouco depois minha sobrinha ligou me perguntando se tinha conseguido falar com ela pois tb tinha tentado durante o dia e ela não atendeu. Meu peito fechou na hora, pedi ao meu marido que fossemos até a casa dela checar, ele tentou me acalmar dizendo, sua mãe escuta pouco querida, deve estar no banheiro, quando cheguei lá as 19:15 da noite o portão já estava trancado mas vi uma luz acessa dentro da casa, entrei e acendi a luz da sala já chamando por ela como de costume para ela não se assustar, fui até ao quarto dela e ela dormia. Chamei, chamei e nada, quando coloquei a mão nela para sacudi-la senti a pele gelada, afastei a camisola e gelada, coloquei a mão no rosto e gelada, só então vi a boca arroxeada e tomei o maior tranco da minha vida, fui parar na sala e pedi para meu marido sair imediatamente com meu filhinho que estava louco pra pular em cima da avó, tb achando que ela dormia.
Meu Deus, foi tudo como ela sempre esperou que fosse sem sofrimento para ela e sem dar "trabalho" pra nínguem. Ela só não planejou o quanto isso ia doer. Fiquei em choque, tomei todas as providências,avisei parentes, e então desmontei e ainda não consegui juntar os pedaços, sinto culpa por não ter ligado justo nesse dia e ainda ficou uma sensação estranha de recusa, mal conseguia olhar para ela no caixão e durante o tempo que aguardei médicos e depois a funerária vir buscá-la não consegui voltar ao quarto dela de novo, fui na casa dela na segunda feira seguinte junto com minha irmã e minha sobrinha e já desmontamos e doamos tudo que tinha que fazer, nunca mais passei nem na rua. Por que sinto esse mal estar, sempre fui eu quem cuidou dela, nunca deixei faltar nada, levava ao médico fazia exames, comprava remédio, pagava fisioterapeuta em casa e sempre estava lá batendo altos papos e mesmo assim sinto esse mal estar que não consigo explicar mas dói pra caramba, que sentimento é esse que não estou conseguindo lidar, alguém pode me ajudar ?



Comentar

Comentários (
1
)


0 relevância

katia

postado:
24/12/2012 - 20h18

Oi meu nome e katia e perdi minha mae a 1 mes. Entendo como vc se sente e tenho muito medo que essa dor nunca passe.
Se tiver algo a me aconcelhar te agradecerei pois acho q so quem ja passou por isso sabe o que e ador de verdade.
Eu fui como vc ,cuidei da minha mae ate o ultimo dia e depois que ela se foi desmonorei e nao to conseguindo me levantar.
Me desculpe mas eu nao sei o que te dizer ,mas espero que vc tenha superado um pouco e tenha menos dor.

Publicidade

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza bolo de cenoura bolo de chocolate cabelos curtos casamento cortes de cabelo decoração dieta dukan emagrecer flor de tecido gravidez kama sutra maquiagem moda das famosas penteados perfumes importados pulseiras reciclagem sapatos sexo anal sexo oral tatuagem unhas decoradas