A esperança ilumina. O desespero cega.

seg, 23/07/2012 - 11h00

Bom Dia, meus amores. Hoje é segunda-feira, dia difícil prá muita gente...mas é dia difícil prá quem deixa a preguiça dominar, né? E se nós estamos em busca de uma "Saída de Emergência" não podemos nem pensar em preguiça. Hoje eu não vou trazer uma dica, mas vou fazer um desabafozinho, ok? Já falei trocentas vezes que recebo recados e e-mails (muitos) todos os dias. Amo recebê-los e sempre respondo a todos, sem excessão. Uma coisa engraçada, prá não dizer trágica...na maioria das vezes ninguém volta para me agradecer, e nem por isso fico chateada. Tiro um tempo do dia só para responder aos meus leitores, agora mesmo eu deveria estar limpando a casa, mas estou aqui postando. Só que tem acontecido algumas coisas que me colocam em situação difícil, gente. Olha, eu não consigo resolver o problema de ninguém. No meu perfil do blog, explico um pouco da minha vida e da minha luta. Quem acompanha meu blog, fica sabendo praticamente tudo da minha vida (sem os pormenores, claro) e até o que está acontecendo ultimamente. Vocês não me conhecem pessoalmente, não sabem onde eu moro, se vivo bem e se vivo confortavelmente. Sabem quando choro, porque eu conto, rsrsrsrs. Mas em momento algum me viram desesperada. Quando fico dias sem postar, aí sim, se preocupem, pq a "coisa tá pegando". A minha luta é tão grande que já emagreci alguns quilos (pelo menos o sofrimento me vale prá alguma coisa né?), há dias não almoço nem janto porque não tenho vontade de comer. As roupas estão largas, praticamente caindo. Uma coisa vcs perceberam: eu não desanimei e nem vou desanimar. Perdi a vergonha, no bom sentido. Através das lutas aprendi a ser mais ousada. Se preciso pedir, peço. Hoje, não sei porque, ao abrir o armário para pegar o pó de café pensei: "agora, se algum dia eu chegar a passar necessidade, não vou passar sozinha. Já aprendi a pedir". Mas nós podemos pedir, sim, se não houver mais condições de conseguir por nosso próprio esforço. Nunca deixe o desespero bater à porta do seu coração. Não me digam "estou desesperado". Eu recebo muitos e-mail assim, gente! Não podemos contar sempre com as outras pessoas, porque cada um tem os seus problemas. Muitas vezes, nosso vizinho está em situação pior do que a nossa e não sabemos. O que eu quero dizer com isso é que não pensem que eu vou ter condições de resolver os seus problemas, que vou ter a dica certa para você. Quando me propus a isso, deixei claro que "uma destas dicas poderá servir para alguém", não todas as dicas. Cada um precisa analisar as dicas que posto. Você vai trabalhar com aquilo que melhor lhe convier. Tudo depende do capital que você tem, da sua habilidade, da sua força de vontade. Eu dou a dica, mas é você que vai analisar. Eu não podia sair de casa e comecei a cuidar de crianças, comecei a fazer geladinho, comecei a vender roupa usada, coisas que muitos tem vergonha de fazer, mas eu fiz, entre outras coisas. Não é a renda total da minha casa, mas sempre entra o fruto do meu trabalho e isso está me valendo há mais de onze anos. Outra coisa, a maioria dos leitores apenas querem ser ajudados. As poucas vezes que eu pedi uma ajuda aqui no blog, sabe quantas vezes obtive retorno? NENHUMA. Ninguém se dispôs a me ajudar. NINGUÉM. E nem por isso eu desisti do blog, nem de vocês, porque o que me move é o altruísmo, o amor ao próximo. Sempre brinquei dizendo que sou quase uma Madre Teresa de Calcutá, rsrsrsrs Então é isso, amigos. Este desabafo não foi direcionado a nenhum leitor especificamente, mas a todos os que me disseram estar DESESPERADOS. Não fiquem assim e NEM PENSEM que EU TENHO A SOLUÇÃO, ok? O blog está aí, com 302 postagens e pelo menos umas 200 dicas de como trabalhar em casa. Isso aqui dá um livro e só me falta saber como faço isso. Não tenho condições, principalmente agora, de entregar tudo mastigadinho para vocês. Não leiam só a postagem que vocês encontraram. Entrem nas categorias e vão encontrar tudo e muito mais que precisam. Não me crucifiquem por causa deste post, ok? Entendam o meu momento, porque eu também tenho que ir à luta. Eu também preciso de ajuda. Um bjo e um abraço bem forte para cada um. Tenham uma semana abençoada.

AO DEIXAR UM COMENTÁRIO, POR FAVOR, DEIXE UM E-MAIL DE CONTATO PARA RESPOSTA.

Assuntos relacionados: desabafos

NENHUM COMENTÁRIO NO VILACLUB

Comente!

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinzabeyoncé 50 tons de cinzabolo de cenourabolo de chocolatecabelos curtoscortes de cabeloescova progressivamaquiagemtrançasunhas decoradas