ELISEU AUMENTA O AZEITE DA VIÚVA

Ter, 03/03/2009 - 16h39    |   Reportar abuso
Por Rosa

Uma mulher das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu dizendo:
Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que teu servo temia ao Senhor. E veio o credor, a levar-me os meus dois filhos para serem servos.
E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Declara-me o que é que tens em casa. E ela lhe disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite.
Então disse ele: Vai, pede para ti vasos emprestados a todos os teus vizinhos, vasos vazios, não poucos. Então entra, e fecha a porta sobre ti, e sobre teus filhos, e deita o azeite em todos os vasos, e põe a parte o que estiver cheio. IIReis 04 -01 ao 03.
E assim ela fez. E ele lhe disse: Vai, vende o azeite, e paga a tua dívida; e tu e teus filhos vivei do resto. Verso 07.
Ao ler esse texto, saltou aos meus olhos, a resposta da viúva: Tua serva NÃO tem nada em casa....porque que o ser humano precisa ser tão pessimista assim? A resposta foi pronta, chorosa, lastimosa...”tua serva não tem nada em casa” mas, logo em seguida lembrou-se do pouquinho de azeite que ainda tinha em casa, então ela completou: “senão uma botija de azeite”. E vimos que esse pouquinho, essa botija, foi o suficiente para resolver o problema dela. Se ela continuasse, escondendo, guardando o pouquinho, ou até achando que não tinha mais nada, ela continuaria chorando e iria sofrer ainda mais porque ia perder seus dois filhos, mas ela abriu mão do pouquinho e o declarou, e o servo de Deus deu a sua benção e o multiplicou, para o bem dela e de seus filhos.
De tudo isso aprendemos que: devemos ser mais otimistas, mais agradecidos, mais confiantes, ter a nossa mão aberta para abençoar outras pessoas, e a mão aberta, tanto dá como recebe....Você já tentou pegar alguma coisa com a mão fechada?...conseguiu? Tenho certeza que não....



Assuntos Relacionados

azeite otimistas agradecidos


Comentar

Comentários (
1
)


1 relevância

Desativado (Perfil Inativo)

postado:
20/02/2010 - 18h56

Mão aberta.

Quando estendemos as mãos, seja para um abraço, um cumprimento, mesmo ao passar a mão na cabeça de uma criança e apoiar a mão no ombro de alguém que se sente triste, sentimos que estamos abençoando essas criaturas. Real/ não pegamos nada com as mãos fechadas e é tão bom poder dar nosso tempo, nossas coisas, nosso carinho nosso apoio para que possamos sentir a multiplicação de bençãos.

Publicidade

Especiais Vila Mulher

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinza beyoncé 50 tons de cinza bolo de cenoura bolo de chocolate cabelos curtos casamento cortes de cabelo decoração dieta dukan emagrecer flor de tecido gravidez kama sutra maquiagem moda das famosas penteados perfumes importados pulseiras reciclagem sapatos sexo anal sexo oral tatuagem unhas decoradas