Pés de galinha - como tratar

dom, 19/12/2010 - 06h00

Sabe aquelas pequenas rugas que aparecem ao redor dos olhos?

Os famosos pés de galinha... existem formas de retardar e até amenizá-las.

Vamos colocar em prática?

A formação dos pés de galinha

Temos em volta dos olhos um músculo circular, chamado orbicular. Quando ele se movimenta, repuxa a pele que o recobre. Isso pouco afeta quem é jovem: pele rica em colágeno e com boa elasticidade acompanha sem ruga alguma esse movimento muscular. Mas com o passar dos anos, as coisas mudam. O colágeno, a hidratação e a elasticidade da pele não são mais os mesmos. A pele não consegue mais acompanhar ilesa a movimentação muscular. Nesse momento, aparecem pés de galinha, que pioram progressivamente.

Isso é um processo normal, natural, esperado e praticamente inevitável. Mas existem dicas preciosas que ajudam a retardar e minimizar o incômodo. Também existem, felizmente, tratamentos excelentes para suavizar essas marcas indesejadas.

1- Os vilões

Segue abaixo uma listinha daquilo que acentua os pés de galinha. Como em qualquer batalha que se preze, conhecer os inimigos é fundamental. Previna-se. Evite, na medida do possível, os fatores agravantes. Conforme as rugas se acentuam, os tratamentos ficam mais difíceis e mais caros.

- Sol

O sol envelhece a pele. Danifica o colágeno e as fibras elásticas, piorando a sustentação e a elasticidade da pele. Em outras palavras, acentua os pés de galinha. Os raios responsáveis por esse estrago são o ultravioleta A e o ultravioleta B, também chamados de UVA e UVB. O UVB queima a pele, causa a vermelhidão e está mais presente entre as 10 da manhã e as 4 da tarde. O UVA danifica a pele sem deixá-la vermelha. Ele já está presente desde antes das 10 da manhã, e continua a nos atingir até o final da tarde. Conclusão: use diariamente filtro solar. Aplique pela manhã e reaplique na hora do almoço. Os cuidados são mais intensos se você for à praia, à piscina ou se praticar esportes ao ar livre. Também é bom usar óculos escuros com lentes grandes que filtram os raios ultravioleta.

- Contração muscular

Não contraia desnecessariamente seu músculo orbicular. Use óculos escuros em dias claros. Não force sua vista. Se isso está acontecendo, será que não está na hora de usar lentes ou aumentar o grau?

- Cigarro

Algumas teorias defendem que o cigarro envelhece mais que o sol. Como a nicotina prejudica a circulação sanguínea, compromete a nutrição e oxigenação da pele, que se prejudica de dentro para fora. Além disso, quem fuma contrai repetidamente seu músculo orbicular, para evitar que a fumaça entre nos olhos. (Leia: Sua pele também reclama do cigarro)

- Menopausa

Os hormônios femininos ajudam a manter a saúde do colágeno. Depois da menopausa, as rugas - incluindo aí os pés de galinha - se acentuam.

2- Os tratamentos

O melhor tratamento depende de uma avaliação médica. Existem cremes que estimulam a formação de colágeno novo e mais saudável. Eles ajudam na prevenção e na recuperação de rugas leves. Em um grau moderado ou avançado, indica-se tratamento com Botox, que suaviza a contração do músculo orbicular. O efeito também é bom em rugas leves, como medida preventiva. Marcas acentuadas requerem medidas agressivas, como uso de laser, peelings profundos ou preenchedores. É possível associar diferentes tipos de tratamentos, sempre de acordo com a sua necessidade.

Assuntos relacionados: saúde cuidado

NENHUM COMENTÁRIO NO VILACLUB

Comente!

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas

50 tons de cinzabeyoncé 50 tons de cinzabolo de cenourabolo de chocolatecabelos curtoscortes de cabeloescova progressivamaquiagemtrançasunhas decoradas