Especiais > Espelho da Beleza |

Pólipos, diagnóstico e tratamento

sab, 04/09/2010 - 23h00

Os polipos uterinos são tumorações benignas visível na região cervical, geralmente se desenvolve na região cervical.  Tem etiologia desconhecida. Desenvolve-se na endocervix

Admite-se que lesões traumaticas, inflamatórias hormonais(estrogenos) são agentes desencadeantes.

O tipo mais comum é o pediculado , mas encontramos os tipos sesseis Para efeito de estudo dividimos os pólipos em 2 partes: cabeça e corpo. Visto através da colposcopia ou exame especular, histeroscopia.

Quando requisitamos uma ultra-sonografia com a suspeita de visualizar pólipos, esta deve ser realizada na fase proliferativa, para não confundir com espessamento endometrial,

Podem ser únicos ou muiltiplos. 75% são únicos. De localização preferencial no fundo uterino ou no canal cervical

Tem sua maior incidência a partir dos 40 anos. Mas pode ocorrer em qualquer faixa etária. Sangram com facilidade, pois é muito vascularização. Podem sofrer necrose, e inflamação. Padrão histológico: hiperplasico, atrófico, funcionais Degeneração maligna em 0,3%

Sintomas:

A maioria não causa sintomas outros apresentam sangramento irregular, geralmente apos relação sexual e dispaurenia.

Tratamento:

Retirada da lesão totalmente. A recorrência de recidiva e em torno de 5%(Porreca et. Al).

Geralmente na fase proliferativa. E encaminhar para exame histopatologico. Importante o aspecto histologico com relação ao exame do pediculo quanto ao seu aspecto normal..

Os pólipos com hiperplasia atípica são lesões precursoras de câncer Diagnostico diferencial: devemos fazer com sinequias e miomas submucosos pediculados, hiperplasia endometrial.

Pólipo endocervical

Pólipos endocervicais são projeções da mucosa do canal do colo do útero podendo levar a sangramento vaginal fora do período da menstruação, principalmente pós-relação sexual.

Os pólipos podem se localizar dentro do canal do colo do útero ou na porção externa do colo.

É uma doença benigna sendo baixa a possibilidade de se tornar uma doença maligna, os dados da literatura referem o índice de malignidade em torno de 0,5%.

Os pólipos localizados na parte externa do colo do útero podem ser diagnosticados nos exames preventivos de rotina, e os localizados no canal são diagnosticados e tratados com a histeroscopia.

Pólipo endometrial

Pólipo endometrial é uma projeção mucosa do tecido que existe no interior do útero chamado endométrio.Acontecem em aproximadamente 10% da população feminina, principalmente a partir dos 40 anos.São umas das causas do excesso de menstruação e do sangramento uterino fora da menstruação, das cólicas menstruais e fora do período menstrual.

A ultra-sonografia transvaginal permite a suspeita diagnóstica na maioria dos casos, e a histeroscopia confirma o diagnóstico e possibilita o tratamento cirúrgico preciso e correto.

Fontes: Portal de Ginecologia e Ginendo.com

NENHUM COMENTÁRIO NO VILACLUB

Comente!

Quiz de Celebridades!

Quem é mais jovem?

VILACLUB - O conteúdo da rede do Vila Mulher

Top Temas